FANDOM


Tradução do título de Rainha Smurfette
FrancêsLa Reine Schtroumpfette
InglêsQueen Smurfette
EspanholLa Reina Pitufina
AlemãoKönigin Schlumpfine
ItalianoLa grande festa di Puffetta
Neerlandês/HolândesKoningin Smurfin

Esse é um episódio da série animada

Queen Smurfette (no Brasil, Rainha Smurfette) é o 32º episódio da Temporada 5 da série animada dos Smurfs e 220º episódio desde o princípio.

Nesse episódio, Smurfette quer ser uma rainha e é seu aniversário, então os Smurfs a fazem rainha do nascer do sol até o pôr do sol enquanto Papai Smurf está fora.

Produção Editar

O episódio foi escrito por John Bradford. Ele foi lançado ao ar originalmente no dia 12 de outubro de 1985.

Mudanças na versão em português Editar

  • Durante a coroação, a fala de Desastrado “when do we come in, Brainy?” (tradução livre: “quando entramos, Gênio?”) é retirada.

Enredo Editar

Smurfette, Gênio, Sassette e Esperto estavam andando na floresta quando passa a cavalaria real, com uma bela mulher passageira que Sassette nota em uma carroagem. Smurfette diz a pequena Smurf que ela era a Rainha Gwendolyn e ela estava indo se encontrar com o Rei Gerard. Ela comenta o quão romântico isso era e que desejava ser rainha. Sassette fala que ela poderia ser algum dia, por ser tão bela, porém Smurfette fala que ninguém poderia torná-la em uma.

Mais tarde, na Vila dos Smurfs, Desastrado tenta discutir o que dar para Smurfette em seu aniversário com Gênio e, então, Sassette aparece sugerindo que ela fosse uma rainha. Gênio, no entanto, fala que essa ideia é ridícula, porém, quando comentado que seria por somente um dia, ele muda de ideia.

Papai Smurf está ocupado jogando xadrez consigo mesmo quando Gênio aparece sugerindo que Smurfette fosse rainha por um só dia, então Papai Smurf pergunta se somente o bolo estaria o suficiente, no entanto Gênio retruca falando o quão feliz Smurfette ficaria feliz por ser rainha, pelo menos um dia, e Desastrado e os jovens Smurfs concordam com ele, fazendo Papai Smurf concordar fazer Smurfette uma rainha, do nascer do sol ao pôr do Sol.

Durante a noite, enquanto a Smurfette dorme, os Smurfs põem o plano em ação: Habilidoso constrói o castelo; Alfaiate faz o molde do manto da Smurfette em Razinza, cujo o manto Gênio critica por “não ser digno a uma rainha” e manda o Ranzinza pedir ao Mineiro para coletar rubis e diamantes para cobri-lo tudo; Fominha faz o bolo, o qual Gênio critica por ser “bolo de camponês” e manda fazer “um bolo gigante”, e Gênio fica responsável pela organização.

Ao amanhecer, acompanhado por uma multidão de Smurfs, Gênio vai a porta de Smurfette dizendo a ela que era rainha, Smurfette não acredita e diz que está sonhando, então Gênio afirma que não e diz que ela será rainha do nascer até o pôr do sol e, então, todos saudaram a ela.

Ela é levada em uma “carroagem”, que é, na verdade, o carro de bombeiros dourada, e ela fica muito agradecida; Papai Smurf vê a cena e concorda com sua decisão e vai com Peninha à casa de Homnibus; ela chega, então, ao seu palácio e comenta que ela não sabe ser uma rainha e Gênio disse que será o conselheiro real e tomará conta de tudo.

Dentro do castelo, Smurfette comenta que é algo maravilhoso e pergunta por onde começar, Gênio a responde dizendo que é ”só relaxar e aproveitar” e anuncia o começo a coroação.

Queen Smurfette (1).jpg

“Eu estou realizando um sonho!”
– Smurfette

Ela veste-se em seu manto e agradece Alfaiate, que fala que deu muito trabalho, e Fominha pergunta pelo bolo e Gênio responde que era mais tarde e se autonomeou “Sir Gênio” e “Primeiro-Ministro do Império Smurf” e corou a Smurfette com o nome “Rainha Smurfette I”. Ela fala que está a realizar um sonho e comenta com Gênio o quão pesado era a coroa e Gênio responde: “como diz o ditado, pesado é a cabeça que sustenta a coroa”.

Ela nota que Desastrado está como guarda e ele responde que ele e Sir Robusto eram os guardas reais e Robusto pergunta a Gênio se deveria deixar entrar um grupo de Smurfs fora do castelo e ela responde que eles deveriam entrar, mas Gênio intervem e fala que não, por serem plebeus e plebeus não entram na sala do trono, como mandam as regras. Ela questiona, então, o porquê de Fominha, Habilidoso, Esperto e Nat estarem dentro, uma vez que, seguindo a lógica de Gênio, seriam plebeus, e ele responde que era porque eles eram seus serviçais para “tudo que seu coração real quiser”. Ela pergunta pelo seu café da manhã e eles trazem à mesa o café da manhã, então ela deseja que esse dia durasse para sempre.

Paralelamente, às oito horas, Pai Tempo decide pescar e escreve uma carta a Mãe Natureza dizendo que iria pescar no Rio do Tempo e que voltaria antes das 6 horas para jogar a cortina da noite.

Ao meio dia, Papai Smurf diz a Homnibus que era para apressar-se, pois queria ver a festa de aniversário da Smurfette.

No almoço, Smurfette diz que está feliz e Desastrado sugere uma dança a ela, que aceita e pede à Gênio que cuide da coroa. Habilidoso comenta que Gênio ficou o dia todo olhando a coroa, Fominha fala que ficou olhando o bolo e Esperto pergunta o porquê Sassette está com eles, então Habilidoso responde que ela ficava lá por ser a dama de companhia. Smurfette passa dançando com Desastrado desejando que o dia durasse para sempre e Esperto agradece pelo dia dela estar acabando.

Smurfette comenta que Gênio fica melhor com a coroa do que ela mesma, então ela vê um monte de Smurfs nervosos na frente do palácio dela, ela deseja muito que eles entrem, porém Gênio intervem de novo dizendo que eles não poderiam entrar por ser “regras do jogo”. Desastrado, no portão, comenta que não está gostando da multidão e Robusto comenta que o jogo acabará ao pôr do sol.

Na casa de Homnibus, o relógio marca oito da noite, mas Papai Smurf questiona se já era tão tarde, pois o sol ainda estava a raiar, então Homnibus comenta que o relógio não erra há cinquenta anos e, ao consultar outro relógio, comprova-se que o relógio estava certo. Papai Smurf vai para a Vila e quando chega o relógio marcava nove horas, o que significava que o reinado dela acabou, entretanto Gênio fala que o reinado dela acaba ao pôr do sol; Papai Smurf decide ir visitar Pai Tempo e mandou os Smurfs pararem de brigar e Gênio tirar a coroa da Smurfette, por não ser o dia dele.

Enquanto isso, Sassette nota que os serviçais se foram e comenta que está cansada, Smurfette fala que está triste, não os culpa e que não queria que o dia fosse assim.

Na oficina de Pai Tempo, Papai Smurf nota que o guardião do tempo não está e acha sua carta que fala que foi viajar no Rio do Tempo e, então, vai em busca dele no caldeirão. O Pai Tempo é acordado pelo líder dos Smurfs que nota que permitiu que o tempo passasse sem que a noite chegasse; na sua oficina, faltando uma hora para o dia seguinte e pronto para puxar a cortina da noite, Papai Smurf pede a ele que esperasse alguns minutos, pelo fato de que o aniversário da Smurfette não foi feita de fato e Pai Tempo concede esses minutos a ele.

Na vila, os Smurfs desculpam-se de seus atos e Smurfette foi presenteada com seu bolo de aniversário exatamente antes do sol se pôr. Papai Smurf comenta que o aniversário dela foi comemorado na última hora.

Os Smurfs vão dormir, desejando boa noite uns aos outros, entretanto não dá tempo o suficiente para que eles durmam pois a cortina da noite sobe, o sol amanhece e todos acordam com o mal desejado som de trombete de Harmonia.

Galeria Editar

Em outras línguas Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória